sexta-feira, 21 de novembro de 2008

A meia-entrada deve acabar?

Na minha opinião não! Tem muita gente que é contra, mas ela facilita o acesso dos estudantes à cultura. O que deve acontecer é a regulamentação, as carteirinhas falsas são o grande problema.

Como já é sugerido, as carteirinhas poderiam ser padronizadas e emitidas pela Casa da Moeda. E o direito da meia-entrada só para quem está cursando o ensino fundamental, médio ou superior. Quem faz um MBA tem dinheiro pra pagar o ingresso inteiro e curso de inglês ou informática não é escola.

Cotas e outras coisas que estão sugerindo não vai ser muito bom. Se colocarem o sistema de cotas, o pessoal vai ter que ir pro shopping às 9h pra poder ver o filme as 20h pagando meia entrada. Se limitarem o dia em que vai ter a meia-entrada também não vai funcionar, porque os jovens vão matar aula pra ir pro cinema(vai por mim, matariam aula sim).

E pros que dizem que assistir filmes de ação, e essas coisas assim não trás cultura, eu penso diferente. Eu descobri que a AIDS também era transmitida pelo sangue assistindo CSI. A maioria do conteúdo dos filmes e séries e até as peças de teatro não é de conteúdo educativo, mas apendemos algumas coisas com isso. E o acesso ao entretenimento também é importante, só a TV não dá, e se for procurar entretenimento em vídeo na internet a pessoa vai cometer algum crime baixando conteúdo ilegal.

Por todos esses motivos, sejam contra o fim da meia-entrada.

Ocorreu um erro neste gadget
Por algum motivo que ainda não descobri, os comentários podem não aparecer para usuários do Internet Explorer. Estou trabalhando no problema, desculpe o transtorno.